Скачать презентацию Depois de Babel que simboliza o máximo do Скачать презентацию Depois de Babel que simboliza o máximo do

898f0ed8a91a49cb8938ad2d4cb599ec.ppt

  • Количество слайдов: 8

Depois de Babel, que simboliza o máximo do pecado, Deus intervém, dando início à Depois de Babel, que simboliza o máximo do pecado, Deus intervém, dando início à história da salvação. Escolhe Abraão e seus descendentes. Liberta-os da escravidão egípcia … preparando, de longe, o destino da tribos de Judá, de David e da espera do Messias

Abraão deixou a sua terra, Ur, Mesopotâmia, actual Irac, e dirigiu-se para a terra Abraão deixou a sua terra, Ur, Mesopotâmia, actual Irac, e dirigiu-se para a terra de Canan. Para ele viajar não era novidade. Mas desta vez, Deus pediu-lhe de não voltar à terra, pois o tinha escolhido para realizar o seu plano de salvação. Abraão obedeceu. Podemos colocar este acontecimento por volta do 1850 a. C.

Os descendentes de Abraão, emigraram para o Egipto e se multiplicaram grandemente, ao ponto Os descendentes de Abraão, emigraram para o Egipto e se multiplicaram grandemente, ao ponto de constituir um perigo e suscitar a persecução do Faraó. Mas Deus interveio com poder para libertar o povo por meio de Moisés. Estamos por volta do ano 1240 a. C.

Saul, David e Salomão realizam a conquista da Palestina até o unificar politicamente. Alcança Saul, David e Salomão realizam a conquista da Palestina até o unificar politicamente. Alcança o máximo do esplendor com Salomão. Estamos no sec. X -IX a. C.

Com a morte de Salomão o reino divide-se: O Reino de Israel e o Com a morte de Salomão o reino divide-se: O Reino de Israel e o Reino de Judá. O Reino de Israel, mais rico e poderoso, passa por uma profunda decadência moral (Amos e Oseia) e, em 721 a. C. , desaparece, caindo nas mãos da Assiria.

O Reino de Judá consegue manter a sua unidade politica e religiosa, resistindo as O Reino de Judá consegue manter a sua unidade politica e religiosa, resistindo as assaltos da Assiria. Nesse tempo situa-se a pregação do profeta Isaías. Mas em 587 a. C. cai sob a dominação da babilónia, com uma dolorosa deportação. O profeta Jeremias chora sobre a ruínas de Jerusalém. Mas Deus não abandona o seu povo, prepara o regresso, o Novo êxodos.

O Rei Ciro, em 538 a. C. , publicou um edito que autorizava o O Rei Ciro, em 538 a. C. , publicou um edito que autorizava o regresso. Realiza-se o segundo êxodo do Profeta Isaías. Começa uma nova fase de restauração. O povo de Israel organiza a sua vida reconstruindo o Tempo e organizando a vida conforme a Lei de Deus.

Alexandre Magno (332 -323) consegue submeter todos os povos do antigo oriente, também Israel. Alexandre Magno (332 -323) consegue submeter todos os povos do antigo oriente, também Israel. Os Macabeus organizam uma revolta e conseguem recuperar uma certa autonomia (103 -76 a. C. ). Mas não vai durar muito porque aparecem os romanos que conseguem dominar todos os povos mediterrâneos. É neste tempo que nasce Jesus.