Скачать презентацию O CAMINHAR COM LUCAS Lucas Todo o Скачать презентацию O CAMINHAR COM LUCAS Lucas Todo o

125c34f9964b38fd66ce80284a96b5a7.ppt

  • Количество слайдов: 18

O CAMINHAR COM LUCAS O CAMINHAR COM LUCAS

Lucas Todo o Evangelho de Lucas está voltado para Jerusalém, isto é, a pregação Lucas Todo o Evangelho de Lucas está voltado para Jerusalém, isto é, a pregação a ação de Jesus que se apresenta conforme a caminhada do próprio Jesus, partindo da Galileia em direção a Jerusalém. Esta caminhada tem por objetivo mostrar que é em Jerusalém, o Centro do Poder judaico, que Jesus vai se mostrar verdadeiramente como o Messias que vem trazer o caminho da libertação para todos os povos.

A Cronologia do Caminho em Lucas • Nascimento de João Batista • A Anunciação A Cronologia do Caminho em Lucas • Nascimento de João Batista • A Anunciação • A Visitação • O Magnificat • O Benedictus • Nascimento de Jesus • Apresentação de Jesus no Templo • As profecias de Simeão e Ana • Preparação do Ministério de Jesus • Anuncio do Caminho a Voz que Vem do Deserto • O Batismo de Jesus • Tentação de Jesus no Deserto • Ministério de Jesus na Galileia • Os Ensinamentos e Curas • O Caminho do Calvário • O Caminho dos Dois Discípulos • A Ascensão

Tempo de Preparo Paixão Profetas AT Igreja Tempo de Preparo Paixão Profetas AT Igreja

TEMPO DE PREPARO As citações do Antigo testamento em Lucas nos levam a crer TEMPO DE PREPARO As citações do Antigo testamento em Lucas nos levam a crer que todo o caminho tem caráter de cumprimento e revelam a fidelidade de Deus. Todo caminho está determinado pelo Pai basta confirmarmos isto com o uso frequente de “como está escrito” e “é necessário”. Apesar de sabermos que o caminho é disforme a ação de Jesus promove consolo. Algumas Citações: O messianismo de Jesus – Lc 7, 22 Is 35, 5 O descrédito do templo – Lc 19, 46 Is 56, 7 O profetismo de Jesus – At 3, 22 ss Dt 18, 15. 19 A incredulidade dos Judeus – At 28, 15 -27 Is 6, 9 s

O Cumprimento Jesus começa seu caminho pela Galiléia sem sair dela proclama com palavras O Cumprimento Jesus começa seu caminho pela Galiléia sem sair dela proclama com palavras e obras, escolhe os 12 que hão de ser testemunhas qualificadas de seu ministério. A partir da Galiléia coloca-se a caminho até Jerusalém, para que em Jerusalém se consuma, alcançando meta autêntica que O realiza plenamente. O Testemunho Em Lucas-Atos descreve a Igreja como sendo a etapa do testemunho durante a qual há de proclamar com obras e Palavras. A exaltação de Jesus marca o final de seu caminho terrestre e o inicio do caminho da Igreja.

Passos do Caminho Esse caminho de testemunho compreende vários passos. Jerusalém, Judeia, Samaria e Passos do Caminho Esse caminho de testemunho compreende vários passos. Jerusalém, Judeia, Samaria e até os confins da terra (At 1, 8), passando assim dos judeus aos gentios. Pouco a pouco tudo se afasta de Jerusalém onde culminou o caminho terreno de Jesus. Porém pela incredulidade dos judeus e da perseguição à comunidade cristã, o caminho começa a abrir-se indo até aos gentios, designado com a expressão confins da terra. Lucas expressa sua convicção de que o Senhor é o protagonista do caminho da Igreja, que Ele veio para todos, sendo esse o caminho do Servo, destinado a todos os homens, mas entre dificuldades. Lucas em At 3, 21 diz ser a parusia o fim do caminho salvador, pois Jesus aparecerá plenamente como Messias e Salvador, tempo do consolo e da restauração de todas as coisas.

Características do Caminho O Evangelho de Lucas se serve da geografia para elaborar sua Características do Caminho O Evangelho de Lucas se serve da geografia para elaborar sua teologia, o caminho reto que não se pode deter, dirigindo-se da Galiléia a Jerusalém, de Jerusalém à Antioquia e desta a Roma os três grandes centros sobre os quais gravita todo o relato. A característica principal do caminho é a palavra que se espalha em função de Jesus, cujo conteúdo é a paternidade de Deus que começa seu reino em função da obra de Jesus, seu filho muito amado. É uma palavra dirigida a todos especialmente aos pobres. A promessa do Pai é dom que garante os passos de Jesus e da Igreja (Lc 4, 1. 14; At 1, 2), ajudando aos apóstolos e demais responsáveis no governo da comunidade. O Espírito é essa garantia que assegura o nexo entre o caminho de Jesus e o da Igreja. Para Lucas a ação do Espírito e a apostólica se confundem o que nos leva a crer que aqueles que foram escolhidos a continuar o caminho de fato são ungidos pelo Espírito.

Características do Caminho Características do Caminho

O Caminho Salvador A salvação é um dos temas mais importantes dentro da Teologia O Caminho Salvador A salvação é um dos temas mais importantes dentro da Teologia Lucana. Proporcionalmente Lucas-Atos sozinho emprega mais vezes o vocábulo salvação, do que o resto do NT. Lucas apresenta a salvação com o enfoque de correção, do caminho reto, de aplainar tornar certa as coisas. A salvação que Jesus oferece aos homens se concretiza a medida em que se apresenta o perdão dos pecados (Lc 5 20 -26), quando cessa a perseguição de Satanás e seus demônios, ou quando cura cegos, coxos e leprosos (Lc 7, 21). Todas essas ações tem por consequência a salvação. Jesus é apresentado por Lucas como filho de Adão e consequentemente irmão de toda a humanidade, (Lc 3, 23 -28) portanto o destinatário da salvação se estende a toda a humanidade.

O caminho Salvador e a Alegria A alegria é consequência da presença da salvação, O caminho Salvador e a Alegria A alegria é consequência da presença da salvação, como dom de Deus. Lucas coloca a Alegria nos momentos principais do caminho salvador, que manifestam-se especialmente naqueles que recebem a salvação (Lc 19, 6). Embora evangelizar já conote a ideia da Boa Nova a noticia alegre, Lucas sublinha a presença do jubilo como resposta à evangelização (At 8 4. 8. 25). A alegria que se instala em meio àqueles que recebem ou que divulgam a Boa Nova é a manifestação terrena do jubilo que há no céu quando o homem aceita a salvação e volta ao Pai (Lc 15, 4 -7)

O CAMINHO SALVADOR COM MARIA Lucas é o autor no NT que mais elaborou O CAMINHO SALVADOR COM MARIA Lucas é o autor no NT que mais elaborou as tradições sobre Maria a mãe de Jesus, apresentando-a em função de sua teologia como modelo de discípulo, que percorre o caminho da salvação com seu testemunho profético. No começo de seu caminho está a ação salvadora de Deus e com ela a alegria ( Lc 1, 28). Deus que vê em Maria a filha amada lhe oferece a maternidade messiânica que receberá pela ação do Espírito Santo. Maria responde com um sim humilde e cheio de graça, com o cântico Magnificat que expressando seus sentimentos responde com jubilo ao convite à alegria. Assim Maria humilde e sincera se coloca a caminho como profetisa carregando em si Aquele que é A Palavra. Segue um caminho longo mais apressada, vai servir. Lucas a caracteriza como aquela que creu(Lc 1, 45), que ouve e pratica a palavra de Deus.

A TEOLOGIA DO CAMINHO Capítulos: 9, 51. 53; 13, 22. 33; 17, 11; 18, A TEOLOGIA DO CAMINHO Capítulos: 9, 51. 53; 13, 22. 33; 17, 11; 18, 31; 19, 11. 28 Nestes capítulos por varias vezes encontramos a direção da caminhada de Jesus seguindo para Jerusalém. Nota-se portanto que Jesus vai para Jerusalém com o objetivo de realizar o seu projeto, “ A vida para todos”, mesmo que isso possa custar a sua própria vida. Pode-se até comparar esta caminhada para Jerusalém como a caminhada do Êxodo, onde Moises junto com o povo caminha em busca da libertação. Jesus, os apóstolos e discípulos, o povo de um modo geral, caminham para o novo Êxodo a libertação definitiva. Aí está a grande importância de ir para Jerusalém.

A TEOLOGIA DO CAMINHO Esta perspectiva de realização do projeto em Jerusalém, que passa A TEOLOGIA DO CAMINHO Esta perspectiva de realização do projeto em Jerusalém, que passa pela Samaria entrando em contato com os excluídos samaritanos, nos faz entender os ensinamentos de Jesus que traz em si o acolhimento a misericórdia a compaixão, o amor ao próximo, o perdão e especialmente a perseverança visto que Ele não desiste apesar das intempéries. Aos que se deparam com Ele no caminho precisam abrir suas mentes mais especialmente o coração para entender a Boa Nova. Jesus traz em si a salvação que se divulga muito por suas palavras mas também pelos seus atos, por suas atitudes.

CONCLUSÃO O seguimento de Jesus se faz através da caminhada do próprio Jesus. Não CONCLUSÃO O seguimento de Jesus se faz através da caminhada do próprio Jesus. Não basta saber o que Ele disse e fez, é preciso aprender do Mestre: Felizes são aqueles que ouvem a Palavra de Deus e a põe em pratica. (Lc 11, 27 -28), pois estes são verdadeiramente os seguidores de Jesus. Com sua paixão Jesus ressuscitado traz em si as resposta às dúvidas e a incerteza que havia se instalado. É na compreensão da via dolorosa da Paixão e Morte que coroada pela Ressurreição desemboca a Missão. O discipulado é aquele que é o seguimento de Jesus no caminho da Galileia a Jerusalém. Mas só o é quando percebem que Jesus não morreu! O caminho da Igreja começa a formar-se com judeus que abraçaram a fé, mas a “virada” para os pagãos, motivada pela recusa da mensagem por parte dos judeus, é a ideia mestra das duas obras de Lucas. Essas duas fases são consideradas como etapas de um “caminho” que avança em conformidade com o plano de Deus e sob a direção do Espírito.

O MAGNIFICAT O PODEROSO FEZ EM MIM MARAVILHAS, SANTO É O SEU NOME O MAGNIFICAT O PODEROSO FEZ EM MIM MARAVILHAS, SANTO É O SEU NOME

REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS • Bíblia de Jerusalém, São Paulo SP. Paulus. 2002 • Carmona, Rafael REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS • Bíblia de Jerusalém, São Paulo SP. Paulus. 2002 • Carmona, Rafael Aguirre Monasterio Antonio Rodrigues, Evangelhos Sinóticos e Atos dos Apóstolos. São Paulo-SP. Ave Maria. 1994 • Dom Terra, Lucas Evangelho do Espírito, Dom Terra - Revista da Cultura Bíblica, São Paulo SP. Loyola. 1988