Скачать презентацию HERMENÊUTICA BÍBLICA Professor Roney Ricardo O que Скачать презентацию HERMENÊUTICA BÍBLICA Professor Roney Ricardo O que

2c545eaa36ea44d8cfe5c55503746208.ppt

  • Количество слайдов: 46

HERMENÊUTICA BÍBLICA Professor Roney Ricardo HERMENÊUTICA BÍBLICA Professor Roney Ricardo

O que é Hermenêutica? Vamos começar fazendo uma pergunta pertinente: “A interpretação é necessária? O que é Hermenêutica? Vamos começar fazendo uma pergunta pertinente: “A interpretação é necessária? ”

O que é Hermenêutica? Interpretamos textos e signos o tempo todo O que é Hermenêutica? Interpretamos textos e signos o tempo todo

Capítulo 1: O que é Hermenêutica? Inequivocamente a hermenêutica é uma das mais relevantes Capítulo 1: O que é Hermenêutica? Inequivocamente a hermenêutica é uma das mais relevantes disciplinas para aqueles que postulam o estudo da teologia ou mesmo para os que, tendo ouvido o chamado de Deus para o ofício pastoral, tornam-se pregadores da Sua Palavra. p. 13.

Capítulo 1: O que é Hermenêutica ? Observe a frase seguinte: - “O conhecimento Capítulo 1: O que é Hermenêutica ? Observe a frase seguinte: - “O conhecimento esfria o crente”. Será mesmo? O conceito acima geralmente toma por base o texto de 2 Coríntios 3. 6. p. 13.

Capítulo 1: O que é Hermenêutica ? O vocábulo “hermenêutica” tem origem no termo Capítulo 1: O que é Hermenêutica ? O vocábulo “hermenêutica” tem origem no termo grego hermeneutikós que significa “interpretação” e hermeneutes, “intérprete”. p. 14.

Capítulo 1: O que é Hermenêutica ? O deus grego Hermes Capítulo 1: O que é Hermenêutica ? O deus grego Hermes

Capítulo 1: O que é Hermenêutica ? Exegese Do grego eksegesis (explicar, interpretar, relatar), Capítulo 1: O que é Hermenêutica ? Exegese Do grego eksegesis (explicar, interpretar, relatar), e eksegeomai (extraio, tiro para fora, exteriorizo, etc. ), “exegese” pode ser definida como a extração das ideias do escritor presentes no texto analisado. p. 14.

Regras Fundamentais da Hermenêutica Fazendo a Exegese de um texto bíblico Regras Fundamentais da Hermenêutica Fazendo a Exegese de um texto bíblico

Capítulo 1: O que é Hermenêutica ? Eisegese Capítulo 1: O que é Hermenêutica ? Eisegese

Regras Fundamentais da Hermenêutica Análise Semântica do Texto Semântica = gr. semantiké (gr. sema, Regras Fundamentais da Hermenêutica Análise Semântica do Texto Semântica = gr. semantiké (gr. sema, “sinal”). Análise do sentido que um termo tem dentro do texto. Analisa um termo pelo seu: - Contexto Imediato (qual o sentido do termo na perícope? ) - Contexto Geral (qual o sentido do termo na frase? ) - Análise dos Objetivos (qual a finalidade do texto? )

Regras Fundamentais da Hermenêutica Análise Morfossintática Morfologia = Em linguística, Morfologia é o estudo Regras Fundamentais da Hermenêutica Análise Morfossintática Morfologia = Em linguística, Morfologia é o estudo da estrutura, da formação e da classificação das palavras. Sintaxe = Se a morfologia analisa as palavras de maneira isolada, a sintaxe considera a frase e/ou o período e como eles são construídos.

Regras Fundamentais da Hermenêutica Os Estilos Literários Presentes na Bíblia - História ou Narrativa Regras Fundamentais da Hermenêutica Os Estilos Literários Presentes na Bíblia - História ou Narrativa Poesia Profecia Provérbios Epístolas

Regras Fundamentais da Hermenêutica Os Estilos Literários Presentes na Bíblia - Lei Evangelhos Parábolas Regras Fundamentais da Hermenêutica Os Estilos Literários Presentes na Bíblia - Lei Evangelhos Parábolas Sapiencial Salmos

ANÁLISE HISTÓRICO-GEOGRÁFICA - Porque na Bíblia encontramos tantas vezes a água sendo usada como ANÁLISE HISTÓRICO-GEOGRÁFICA - Porque na Bíblia encontramos tantas vezes a água sendo usada como símbolo de verdades espirituais? - Roma: cidade ou igreja? “. . . Cada um [dos textos bíblicos] foi escrito dentro de um ambiente cultural concreto e de uma situação concreta” – p. 39.

ANÁLISE HISTÓRICO-GEOGRÁFICA Compreendendo a História - Quem dominava o mundo, César ou Deus? - ANÁLISE HISTÓRICO-GEOGRÁFICA Compreendendo a História - Quem dominava o mundo, César ou Deus? - Qual a razão histórica do conflito entre Samaritanos e Judeus? – pp. 39, 40.

ANÁLISE HISTÓRICO-GEOGRÁFICA Compreendendo a Geografia - Quais são os limites geográficos das cidades indicadas ANÁLISE HISTÓRICO-GEOGRÁFICA Compreendendo a Geografia - Quais são os limites geográficos das cidades indicadas na perícope bíblica? - Quais elementos geográficos podem ser identificados no texto bíblico e como eles são usados pelo autor? – p. 41.

A NECESSIDADE DA INTERPRETAÇÃO BÍBLICA • Premissa 1: Deus se revelou • Premissa 2: A NECESSIDADE DA INTERPRETAÇÃO BÍBLICA • Premissa 1: Deus se revelou • Premissa 2: A realidade do pecado • Premissa 3: As dificuldades próprias da Bíblia • Premissa 4: O escritor e o leitor no contexto bíblico

PRINCÍPIOS HERMENÊUTICOS • A Escritura explica a própria Escritura (a Bíblia como sua própria PRINCÍPIOS HERMENÊUTICOS • A Escritura explica a própria Escritura (a Bíblia como sua própria intérprete). • As palavras tomadas no conjunto da frase • A frase no contexto • Expressões obscuras consideradas à luz do objetivo ou desígnio do livro em que aparecem.

PRINCÍPIOS HERMENÊUTICOS • É necessário consultar as passagens paralelas. Paralelo de ideias e de PRINCÍPIOS HERMENÊUTICOS • É necessário consultar as passagens paralelas. Paralelo de ideias e de ensinos gerais das Escrituras.

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO “Se me perguntassem qual foi a maior AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO “Se me perguntassem qual foi a maior força utilizada na formação da história [. . . ] eu responderia [. . . ] a linguagem figurada. Os homens vivem pela imaginação; a imaginação governa nossas vidas. A mente humana não é um foro de debates, como querem os filósofos, mas sim uma galeria de arte [. . . ] Elimine as metáforas (ou seja, a linguagem figurada) da Bíblia e seu espírito vivo se dissipará [. . . ] Os profetas, os poetas, os líderes são todos mestres da metáfora, e com ela cativam a alma humana”. W. Mc. Neile Dixon, professor de literatura inglesa da Universidade de Glasgow

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO “A Bíblia contém centenas de figuras de AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO “A Bíblia contém centenas de figuras de linguagem. E. W. Bulinger agrupou as figuras de linguagem da Bíblia em mais de 200 categorias e forneceu 8000 exemplos bíblicos, sendo que o sumário ocupou 28 páginas para relacionar as 200 categorias”. ZUCK, Roy. A interpretação bíblica. São Paulo: Vida Nova, 1994, p. 167.

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • O que são as figuras de AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • O que são as figuras de linguagem na Bíblia? RESPOSTA: Formas literárias em que os autores põem de lado intencionalmente determinadas regras gramaticais. Zuck, pp. 167, 8.

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Exemplos de figuras de linguagem do AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Exemplos de figuras de linguagem do nosso cotidiano: - “A chaleira está fervendo”. - “O carro passou voando”. - “Está chovendo canivetes”. - “Morri de rir” (OBS: as figuras fogem ao sentido literal das palavras que empregam).

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • - Por que utilizá-las? Elas acrescentam AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • - Por que utilizá-las? Elas acrescentam cor e vida (cf. Sl 18. 2) Chama a atenção (cf. Fp 3. 2 e Tg 3. 6) Concretizam conceitos abstratos ou intelectuais - Ficam mais bem registradas na memória (cf. Os 4. 16)

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Por que utilizá-las? - Sintetizam uma AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Por que utilizá-las? - Sintetizam uma ideia – Exemplo: o Salmo 23. - Estimulam a reflexão. Considere os textos de Sl 52. 8 e Is 1. 8.

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Como identificar as figuras de linguagem? AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Como identificar as figuras de linguagem? - Adote sempre o sentido literal de uma passagem, a menos que haja boas razões para não fazê-lo (ex: Ap 7. 4 -8). - O sentido é figurado se o literal implicar uma impossibilidade (ex: Jr 1. 18)

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Como identificar as figuras de linguagem? AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Como identificar as figuras de linguagem? - O sentido é figurado se o literal for absurdo (ex: árvores batendo palmas em Is 55. 12). - O sentido é figurado se o literal indicar imoralidade (ex: Jo 6. 53 -58)

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Como identificar as figuras de linguagem? AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Como identificar as figuras de linguagem? - Repare se uma expressão figurada vem acompanhada de uma explicação literal. Ex: “os que dormem” e “os mortos” em 1 Ts 4. 13 -15).

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Como identificar as figuras de linguagem? AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Como identificar as figuras de linguagem? - As vezes uma figura de linguagem é ressaltada por um adjetivo qualificativo. Exemplos: “o verdadeiro pão” (Jo 6. 32), “espada do Espírito” (Ef 6. 17) e “o bom combate da fé” (1 Tm 6. 12).

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Tipos de Figuras de Linguagem - AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Tipos de Figuras de Linguagem - As figuras de linguagem assumem diversas maneiras de ocorrerem; elas podem ser: a) de comparação b) de substituição c) de omissão ou supressão d) de exageros ou atenuações e) que encerram incoerências f) que encerram sonoridade

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • De comparação: Símile: é uma comparação AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • De comparação: Símile: é uma comparação em que uma coisa lembra outra explicitamente (usando como, assim como, tal qual, tal como). Pedro usou um símile quando escreveu: “. . . toda carne é como a erva. . . ” (1 Pe 1. 24).

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • De comparação: Metáfora: é uma comparação AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • De comparação: Metáfora: é uma comparação em que um elemento é, imita ou representa outro (sendo que os dois são essencialmente diferentes). Numa metáfora, a comparação está implícita, ao passo que num símile é visível. Uma pista para identificar uma metáfora é que os verbos “ser” e “estar” sempre são empregados: “Eu sou a porta” (Jo 10. 7, 9).

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • De substituição: Metonímia: consiste em substituir AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • De substituição: Metonímia: consiste em substituir uma palavra por outra. Na Bíblia existem pelo menos três tipos de metonímias: 1) a causa é usada em lugar do efeito, 2) o efeito é usado em lugar da causa e, 3) o objeto é empregado em lugar de outro semelhante ou que está a ele relacionado.

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • De substituição: Sinédoque: é a substituição AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • De substituição: Sinédoque: é a substituição da parte pelo todo, ou do todo pela parte. César Augusto emitiu um decreto de que deveria ser feito o censo de “todo o mundo” (Lc 2. 1 – ARC). Ele falou do todo, mas estava referindo-se apenas a uma parte – o Império Romano.

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • De substituição: Personificação: o que ocorre AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • De substituição: Personificação: o que ocorre aqui é a atribuição de características ou ações humanas a objetos inanimados, a conceitos ou a animais. A alegria é uma emoção atribuída ao deserto, em Isaías 53. 1: “O deserto e a terra se alegrarão. . . ”

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • De substituição: Antropomorfismo: Consiste na atribuição AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • De substituição: Antropomorfismo: Consiste na atribuição de qualidades ou ações humanas a Deus, como ocorre nas referências aos dedos de Deus (Sl 8. 3), a seus ouvidos (31. 2) e a seus olhos (2 Cr 16. 9).

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • De substituição: Apóstrofe: Consiste numa referência AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • De substituição: Apóstrofe: Consiste numa referência direta a um objeto como se fosse uma pessoa, ou a uma pessoa ausente ou imaginária como se estivesse presente. Na personificação, o escritor fala de um objeto como se fosse uma pessoa, enquanto na apóstrofe ele fala com o objeto como se fosse uma pessoa.

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • De substituição: Eufemismo: Consiste na substituição AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • De substituição: Eufemismo: Consiste na substituição de uma expressão desagradável ou injuriosa por outra inócua ou suave. Falamos da morte mediante eufemismos: “ele passou para o outro lado”.

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Que encerram omissão ou supressão: Elipse: AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Que encerram omissão ou supressão: Elipse: É a omissão de uma palavra ou palavras cuja falta deixa incompleta a estrutura gramatical. As vezes um adjetivo ligado a um substantivo vem substituir ambos. Em português, “a capital” significa “a cidade capital”.

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Que encerram omissão ou supressão: Pergunta AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Que encerram omissão ou supressão: Pergunta retórica: Uma pergunta retórica é aquela que não exige resposta; seu objetivo é forçar o leitor a respondê-la mentalmente e avaliar suas implicações: “Acaso para Deus há cousa demasiadamente difícil? ” (Gn 18. 14).

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Que encerram exageros ou atenuações: Hibérbole: AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Que encerram exageros ou atenuações: Hibérbole: É uma afirmação exagerada em que se diz mais do que o significado literal com o objetivo de ênfase.

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Que encerram exageros ou atenuações: Ironia: AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Que encerram exageros ou atenuações: Ironia: A ironia é uma forma de ridicularizar indiretamente sob a forma de elogio: “Que bela figura fez o rei de Israel” (2 Sm 6. 20).

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Que encerram incoerências: Oxímoro: Consiste na AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Que encerram incoerências: Oxímoro: Consiste na combinação de termos opostos ou contraditórios. O termo oxímoro vem de duas palavras gregas: oxus (“esperto”) e moros (“burro”). Exemplos: “silêncio eloquente” e “cópia original”.

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Que encerram incoerências: Paradoxo: Paradoxo é AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Que encerram incoerências: Paradoxo: Paradoxo é uma afirmação aparentemente absurda ou contrária ao bom senso. Um paradoxo não é uma contradição; é simplesmente algo que parece ser o oposto do que em geral se sabe.

AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Que encerram sonoridade: Onomatopéia: É uma AS FIGURAS DE LINGUAGEM NO TEXTO BÍBLICO • Que encerram sonoridade: Onomatopéia: É uma palavra cuja pronúncia imita o som da coisa significada. Existem muitas palavras assim: murmúrio, sussurro, cicio, chiado, tique-taque, etc. O verbo lançar, em Jó 9. 26, é um caso de onomatopéia no hebraico. O verbo hebraico é û, cuja pronúncia é como o som da águia (ou do falcão peregrino) quando se lança sobre a presa a uma velocidade elevadíssima.