Скачать презентацию Conhecer a Bíblia Aula 2 Os livros da Скачать презентацию Conhecer a Bíblia Aula 2 Os livros da

9ad42788ef5c4d40bab2b797346cd29e.ppt

  • Количество слайдов: 16

Conhecer a Bíblia Aula 2 Os livros da Bíblia Aulas previstas: 1. A Revelação Conhecer a Bíblia Aula 2 Os livros da Bíblia Aulas previstas: 1. A Revelação divina 2. Os livros da Bíblia 3. A integridade da Bíblia 4. Livros inspirados e verdade da Bíblia 5. O cânone das Escrituras 6. Santidade e unidade de ambos os Testamentos 7. A interpretação da Bíblia 8. As ideias mestras da Antiga Aliança 9. A Nova Aliança de Cristo 10. A Escritura na vida da Igreja

O país, os escritos e a sua história 1 O país, os escritos e a sua história 1

O país da Bíblia 2 O país da Bíblia 2

A memória de um povo 3 A memória de um povo 3

O quadro histórico dos livros da Sagrada Escritura 4 O quadro histórico dos livros da Sagrada Escritura 4

Etapas principais na formação do AT 1. Etapa patriarcal. 2. Etapa mosaica. 3. Etapa Etapas principais na formação do AT 1. Etapa patriarcal. 2. Etapa mosaica. 3. Etapa da Monarquia. 4. Etapa do Exílio ou cativeiro da Babilónia. 5. Etapa do judaísmo Período persa (538 -333 a. C. ) Período helenístico (333 -63 a. C. ) Período macabeu (até ao ano 175 a. C. ) 5

Etapas principais na formação do AT 1. Etapa patriarcal. 6 Etapas principais na formação do AT 1. Etapa patriarcal. 6

Etapas principais na formação do AT 2. Etapa mosaica. 7 Etapas principais na formação do AT 2. Etapa mosaica. 7

Etapas principais na formação do AT 8 Etapa da Monarquia. 3. 3. Etapa da Etapas principais na formação do AT 8 Etapa da Monarquia. 3. 3. Etapa da Monarquia. É então que se põem por escrito duas grandes tradições: a Javista (J), no Reino do Sul (século IX), e a elohista (E), no Reino do Norte (século VIII); assim chamadas pela maneira de designar Deus, como Iavé ou Elohim, respectivamente. Algum tempo depois, no ano 612, quando no Sul governava o rei Josias, descobre--se no Templo de Jerusalém o rolo da Lei. O livro do Deuteronómio situa-se na confluência de três grandes correntes que inspiraram e construíram a alma de Israel: a Tradição mosaica, o Profetismo e a Sabedoria. Os investigadores opinam que é nesta altura que se cristaliza aquilo que vulgarmente se chama a História Sagrada. Efectivamente, os redactores da tradição deuteronómica (D) entenderam a analogia, ou melhor, a continuidade que existia entre o Israel do deserto e o reino de Judá do século VII

Etapas principais na formação do AT 9 4. Etapa do Exílio ou cativeiro da Etapas principais na formação do AT 9 4. Etapa do Exílio ou cativeiro da Babilónia. No ano 587 Jerusalém cai em poder dos babilónios, e com ela desmoronam-se os fundamentos da vida religiosa de Israel: a dinastia de David, a «terra prometida» e o Templo de Jerusalém. Os cinquenta anos do exílio vão ser a “época dourada” do livro escrito. Nestas circunstâncias históricas faz-se a redacção dos livros de Ezequiel e do Segundo Isaías.

Etapas principais na formação do AT 10 5. Etapa do judaísmo (538 -333 a. Etapas principais na formação do AT 10 5. Etapa do judaísmo (538 -333 a. C. ) Período persa Período helenístico (333 -63 a. C. ) Período macabeu (até ao ano 175 a. C. ) Costuma chamar-se assim porque só voltam a Jerusalém e à «terra prometida» um «resto dos descendentes de Judá – os que formavam o Reino do Sul – graças ao decreto libertador do rei persa Ciro. Nesta etapa distinguiremos três períodos: persa, helenístico e macabeu.

Os livros do NT e o seu aparecimento histórico 11 O período de elaboração Os livros do NT e o seu aparecimento histórico 11 O período de elaboração dos livros do NT é apenas de 50 anos (do 51 ao 100). Antes da fixação por escrito da mensagem de Jesus de Nazaré, é preciso distinguir duas etapas de tradição oral. A primeira corresponde aos ensinamentos, com palavras e factos, do próprio Jesus; a segunda é a tradição oral acerca de Jesus, vivida, testemunhada, celebrada e defendida pela Igreja primitiva. Devemos a São Paulo os primeiros escritos cristãos. - entre os anos 51 -52 escreve as duas cartas aos Tessalonicenses; - entre 54 -58, as chamadas «Grandes epístolas» ; duas cartas aos Coríntios; aos Gálatas e aos Romanos; - à volta do ano 62 as chamadas «Cartas do Cativeiro» : Filipenses, Colossenses, Efésios e Filémon; - entre os anos 65 -66, as «Cartas Pastorais» : duas a Timóteo e uma a Tito. - A data mais provável para a carta aos Hebreus é à volta do ano 65.

Os livros do NT e o seu aparecimento histórico 12 - A redacção definitiva Os livros do NT e o seu aparecimento histórico 12 - A redacção definitiva dos três primeiros Evangelhos, Mateus, Marcos e Lucas, chamados Sinópticos, deve situar-se no período que vai do ano 65 ao 80, se bem que prevaleça a opinião de que foram escritos antes do ano 70; - As «Cartas católicas» têm uma data muito variável: a de Tiago entre os anos 50 -60, a de Judas à volta do ano 70; a primeira de Pedro no ano 64, enquanto a segunda é possível que seja por volta do ano 80. - O livro dos Actos dos Apóstolos é situado, por uns no ano 53 e por outros no ano 80. - E o grupo dos escritos joaninos fecha a colecção dos escritos do NT, com o Apocalipse, três Cartas e o Quarto Evangelho, entre os anos 85 -100.

Os livros do NT e o seu aparecimento histórico 13 O Magistério da Igreja Os livros do NT e o seu aparecimento histórico 13 O Magistério da Igreja pronunciou-se em defesa da verdade histórica dos Evangelhos, a 21 -IV-1964, com a Instrução Santa Mater Ecclesia; no nº 2 deste documento hos, a 21 -IV-1964, com a Instrução Sancta Mater Ecclesia: no nº 2 deste documento expõem-se os três momentos básicos da redacção escrita dos Evangelhos, recolhida pelo Catecismo da Igreja Católica assim: vida e ensinamentos de Jesus, tradição oral e evangelhos escritos.

Conclusões 14 Esta rápida olhadela à história da elaboração dos livros bíblicos ajuda-nos a Conclusões 14 Esta rápida olhadela à história da elaboração dos livros bíblicos ajuda-nos a descobrir, em parte, o «mistério» da sua origem e leva-nos a concluir que as Sagradas Escrituras não foram redigidas «de uma assentada» , mas sim elaboradas ao longo de um milénio. Além disto recordamos que a Bíblia não é precisamente um livro, pelo contrário, é uma pequena biblioteca de 73 livros, redigida por autores muito diversos e através dos mais variados géneros literários. A Palavra de Deus, dirigida sem excepção a todos os homens, de todos os tempos, e sem se despojar do selo desta dimensão universal, toma formas literárias próprias de uns autores humanos (inspirados) e do seu meio histórico e cultural.

Ficha técnica Bibliografia Estes Guiões são baseados nos manuais da Biblioteca de Iniciación Teológica Ficha técnica Bibliografia Estes Guiões são baseados nos manuais da Biblioteca de Iniciación Teológica de Editorial Rialp (editados em português pela editora Diel) Slides Originais - D. Serge Nicoloff, disponíveis em www. agea. org. es (Guiones doctrinales actualizados) Tradução para português europeu - disponível em inicteol. no. sapo. pt (Ligeiras alterações em ordem à melhoria do etxto por A. Pascoal) 15